domingo, 9 de novembro de 2014

VOCÊ PODE AJUDAR?



Por Francisco Castro (*)



Respondendo à pergunta nº 930 de O Livro dos Espíritos de Allan Kardec, publicado em abril de 1857 em Paris, os Espíritos Superiores, de forma direta afirmaram: “Numa sociedade organizada segundo a lei do Cristo ninguém deve morrer de fome.”
Outra não é a situação da sociedade atual em que, mais da metade da população mundial professa a Doutrina Cristã, portanto, vivemos numa sociedade, em sua maioria organizada segundo a lei do Cristo, será que, nos dias atuais ainda há localidades ou regiões em que se observe o evento morte por falta de alimentos que podiam evitar que isso acontecesse?
Sem querer particularizar, nos parece que a resposta é afirmativa, tanto isso é verdade que levou as Nações Unidas, em setembro de 2000, a instituir um programa com essa finalidade, conhecido como METAS DO MILÊNIO, aprovado por todos os 189 países membros da ONU/PNUD, dentre eles o Brasil, no qual o objetivo número um era, até 2015, ERRADICAR A POBREZA EXTREMA E A FOME!

Segundo a Meta Um desse objetivo, para se erradicar a pobreza extrema significava reduzir para metade a população cuja renda fosse igual ou inferior a um dólar americano por dia, ou seja, que metade das pessoas pobres pudessem ter uma renda mensal de, pelo menos, 30 dólares americanos por mês, o que a valores de hoje significa ter uma renda de, pelo menos, segundo a cotação do dólar americano do dia que escrevo esse texto, R$76,50 por mês, veja-se que o valor médio do bolsa família em 2014, é de R$97,00!
A meta dois desse objetivo, visa reduzir para metade a proporção da população que sofre fome, com prevalência das crianças com menos de 5 anos, com insuficiência ponderal o que, em outras palavras, significa COM DESNUTRIÇÃO.




Nesse quesito o Ceará largou na frente, quando em 1986 foi instituído um programa ligado à sociedade civil que recebeu o nome de IPREDE – Instituto de Prevenção da Desnutrição e da Excepcionalidade.
Hoje a sigla permanece a mesma, IPREDE, mas a descrição significa INSTITUTO DA PRIMEIRA INFÂNCIA, que é uma instituição dedicada a promover a nutrição e o desenvolvimento na primeira infância articulando-os com ações que visam ao fortalecimento das mulheres e da inclusão social de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e pobreza. Sua ação assistencial está sistematizada em três Programas: Desenvolvimento na primeira infância, atenção à mulher e assistência psicossocial.
O IPREDE deu um passo a frente, tornou-se um centro de referencia sobre a primeira infância, um espaço de produção, ensino e divulgação da temática para a sociedade em geral. Desenvolve programas, projetos e serviços em articulação com os diversos setores da sociedade, com fins públicos, foco na nutrição e desenvolvimento na primeira infância, bem como trabalha na geração e disseminação de conhecimentos técnico-científicos a partir dessas experiências adquiridas, a produção e promoção da cultura e da arte como instrumento de conscientização e valorização do cidadão.
Com esse foco na nutrição e desenvolvimento na primeira infância o IPREDE atende hoje uma população infantil de aproximadamente 1.200 crianças/mês, em que cada uma delas é assistida, no mínimo, com 3.200gramas de leite em pó/mês, o que perfaz uma necessidade mensal, só nesse quesito, correspondente a 3,84toneladas de leite em pó por mês! Mas os objetivos do IPREDE são mais amplos conforme se viu acima.
A pergunta colocada como título desse texto, volta a ser formulada: VOCÊ PODE AJUDAR? Visite o IPREDE, veja a estrutura, a dedicação de todos quantos lá se encontram colaborando, talvez você possa ajudar sem sair da sua casa, apenas fazendo alguma doação para que esse trabalho não sofra solução de continuidade, ressalte-se que esse trabalho começou 14 anos antes que o mundo voltasse suas vistas para esse tipo de problema que, no nosso País, dada as suas dimensões, precisa do envolvimento do poder público e de toda a sociedade!

VOCÊ PODE AJUDAR? Independente de você seguir ou não a Lei do Cristo, não deixe que as nossas crianças morram de fome! Visite o IPREDE ou outra instituição com a mesma finalidade, você vai se apaixonar pelo trabalho que ali é realizado!

(*) escritor, membro da AMLEF, integrante da equipe do programa Antena Espírita e voluntário do C.E,. Grão de Mostarda.

2 comentários:

  1. Parabéns, Castro!
    Estamos juntos nessa!
    Quem quiser conhecer mais sobre o IPREDE, visite o site da entidade:
    http://www.iprede.org.br/

    ResponderExcluir
  2. Francisco Castro de Sousa9 de novembro de 2014 12:32

    Jorge, que legal esse vídeo que você anexou! O texto é apenas uma gota d'água mas, como disse Madre Tereza de Calcutá, sem uma gota o oceano seria menor! Espero que os leitores entendam assim!

    ResponderExcluir