domingo, 23 de janeiro de 2022

MANTENHAMOS SUA SIMPLICIDADE E GRANDEZA

 


A Doutrina Espírita, por seus fundamentos e desdobramentos próprios de seu conteúdo doutrinário, é grandiosa por várias razões. Entre elas, destacam-se os benefícios diretos do esclarecimento à mente humana, embasados na mais perfeita lógica e bom senso, além do conforto ao coração pelo consolo próprio da mensagem totalmente estruturada no Evangelho de Jesus.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

ESPÍRITA SÓ FALA DE COISAS DA ALMA?

 


As reações “reacionárias” que alguns textos que publico em grupos espíritas dispostos nas redes sociais costumam provocar, por vezes me prendem a atenção, se mostram dignas de observação, afinal o intuito também é aprender com o erro, que pode ser meu ou do outro.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

UM POUCO DE CHICO XAVIER POR SUELY CALDAS SCHUBERT - PARTE II

 


6. Sobre o livro Testemunhos de Chico Xavier, quando e como a senhora contou para ele do que estava escrevendo sobre as cartas?

 

Quando em 1980, eu lancei o meu livro Obsessão/Desobsessão, pela FEB, o presidente era Francisco Thiesen, e nós ficamos muito amigos. Como a FEB aprovou o meu primeiro livro, Thiesen teve a ideia de me convidar para escrever os comentários da correspondência do Chico. O Thiesen me convidou para ir à FEB para me apresentar uma proposta. Era uma pequena reunião, na qual estavam presentes, além dele, o Juvanir de Souza e o Zeus Wantuil. Fiquei ciente que me convidavam para escrever um livro com os comentários da correspondência entre Chico Xavier e o então presidente da FEB, Wantuil de Freitas 5, desencarnado há bem tempo, pai do Zeus Wantuil, que ali estava presente. Zeus, cuidadosamente, catalogou aquelas cartas e conseguiu fazer delas um conjunto bem completo no formato de uma apostila, que, então, me entregaram.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

O MUNDO PEDE BOM SENSO - É POSSÍVEL?

 


Começar um novo ano é oportunidade de ouro para criar novas metas para projetos que se mostraram exitosos no ano que passou. Também se mostra como situação própria para revigorar ideias que não tenham atingido o objetivo ou ainda para iniciar novos planos de realização. De certa forma é com essa disposição que pessoas e empresas recebem um novo calendário. Atletas, empresários, políticos, professores, todos enfim se preparam para os desafios que definem a governança do novo ano.