domingo, 14 de agosto de 2016

MENSAGEM INÉDITA DE EMMANUEL


O respeitado pesquisador e documentarista espírita Oceano Vieira de Melo nos ofereceu gentilmente a mensagem inédita de Emmanuel, psicografada por Francisco Cândido Xavier, que aparece publicada pela primeira vez nesta edição. Oceano nos revelou que obteve da família de Clóvis Tavares – um dos amigos mais próximos de Chico – permissão para investigar as gravações contidas em nove fitas de rolo gravadas nos anos 1950. Clóvis gravava com sua própria voz mensagens inéditas enviadas de Pedro Leopoldo pro Chico Xavier. Embora não esteja claramente datada, estima-se que a mensagem tenha sido psicografada entre 1954 e 1956. É o próprio Oceano em mensagem enviada ao autor do presente livro, quem explica a história desta descoberta:

            “A família de Clóvis Tavares, reconhecendo o nosso trabalho de restauração e preservação em audiovisual de tudo o que for relacionado a Chico Xavier, nos entregou uma caixa contendo nove fitas de rolo, nas quais Clóvis Tavares, fundador da Escola Jesus Cristo de Campos, no norte fluminense, que tinha um gravador de rolo – uma novidade na época – gravava as leituras de mensagens inéditas vindas de Pedro Leopoldo por Chico Xavier. Clóvis as lia antes de suas preces que antecediam as palestras. Emocionei-me ao ouvir o grande Clóvis Tavares lendo essa mensagem. Ele foi o maior amigo de Chico Xavier. Foi também seu biógrafo e o que transmitiu mais emoção ao retratar a humilde família do médium espírita. (30 anos com Chico Xavier e Amor e sabedoria de Emmanuel, IDE). Ao pesquisar onde essa mensagem teria sido publicada, a surpresa: era inédita, pois não encontrei em nenhum livro de Emmanuel ou no Reformador a partir de 1953”
           
REPARA A NATUREZA

De Emmanuel/ Chico Xavier
(Pedro Leopoldo – MG, 1953?)

Repara a natureza que te cerca no mundo.
Tudo é riqueza e esforço laborioso por assegurá-la.
O solo ferido pelo arado é berço milagroso da produção.
A árvore mil vezes dilacerada orgulha-se de sofrer e ajudar sempre mais.
A fonte, superando os montões dos seixos, pouco a pouco se transforma em grande rio a caminho do mar.
Algumas sementes formam a base de preciosa floresta.
Pedras agressivas se convertem nas obras-primas da estatuária, quando não vertem do seio a faiscante beleza do material de ourivesaria.
Animais humildes, padecendo e ajudando, garantem o conforto das criaturas contra a intempérie ou alimentam-lhes o corpo, sustentando-lhes a existência.
A pobreza é simples apanágio do homem.
Do homem enquanto se refugia, desassisado na furna da ignorância.
Somente a alma humana distanciada do conhecimento Superior, assemelha-se a um fantasma de angústia, de miséria, de lamentação.
Se podes, assim, observar o patrimônio das bençãos celestiais, no caminho em que evoluis, procura o teu lugar de trabalho e serve infatigavelmente ao Bem, para que o Bem te ensine a ver a fortuna imperecível que o Pai te concedeu por sublime herança.
Serve aos semelhantes, ajuda a planta e socorre o animal. Seja a tua viagem por onde passes um cântico de auxílio e bondade, de harmonia e entendimento.
E, à medida que avançares na senda de elevação, encontrar-te-ás cada vez mais rico de amor, encerrando no próprio peito o tesouro intransferível da luz que te coroará de felicidade inextinguível nos cimos da glória eterna.


Fonte: Espiritismo e Ecologia, André Trigueiro

Um comentário:

  1. Francisco Castro de Sousa14 de agosto de 2016 09:05

    Se não me engano, Clovis Tavares, era natural do Maranhão e publicou o livro: 50 Anos de Parnaso, o primeiro livro contendo mensagens de vários Espíritos, psicografadas pelo nosso querido e inesquecível Chico Xavier!

    ResponderExcluir