sexta-feira, 23 de julho de 2021

MORTE: DESCANSO ETERNO?

 

Imagem do filme "Nosso Lar".

         “(...) Não sei se ofendo os bons costumes; no entanto, as palavras “descanso eterno” nos cemitérios são a maior piada da paróquia.

         Procurem doar o que puderem para os vivos de nosso mundo. O que puderem: flores, velas, preces ou até mesmo “lágrimas”. Façam o que quiserem, mas auxiliem a alguém naqueles nomes de que se recordam. Um pão para quem está de panela vaga, uma peça de roupa usada para quem já não aguenta alfinete e remendo. (...).”

quarta-feira, 21 de julho de 2021

EVOLUÇÃO POLÍTICA DA MULHER ESPÍRITA

 


Quanto mais longa seja uma existência, por certo mais questionamentos haverá de suscitar na alma desperta. A vaga esperança de um pouso pacífico, que nos leve solenemente a aguardar o último suspiro certamente compõe o cabedal de ilusões que impulsionamos na tentativa de amainar os sentimentos contrários a tudo que idealizamos, ou seja, ausência de frustrações, enganos, raivas e erros.

segunda-feira, 19 de julho de 2021

SEM MUDANÇAS, NÃO HÁ FUTURO

 


            É comum que se faça confusão sobre o conceito de futuro debitando o seu significado de forma restrita tão somente à passagem do tempo. Sob esse ponto de vista o futuro parece revelar-se como sinônimo de amanhã, se considerada essa forma simplificada de aferição.

domingo, 18 de julho de 2021

NOTA DOS ESPÍRITAS PROGRESSISTAS ANTE A CRISE INSTITUCIONAL BRASILEIRA

 


A sociedade brasileira vive um momento de crise aguda, uma crise que afeta gravemente a saúde e o emprego do seu povo, além do meio ambiente onde vive. A fome se alastra e a violência ameaça todos e, em especial, os mais vulneráveis. Esse seria, pois, o momento em que os poderes instituídos pela Constituição Federal de 1988 deveriam unir esforços no sentido de superar tamanha crise social e econômica. Entretanto, o que se viu e ainda se vê nesse período de longa pandemia é o Poder Executivo federal caminhar no sentido oposto ao que é necessário e urgente, abdicando de seu papel de buscar soluções, para, ao invés, transgredir leis e ameaçar uma sociedade já tão fragilizada pelo momento tormentoso que passa e com o luto coletivo em que está mergulhada.

sexta-feira, 16 de julho de 2021

FÉ INABALÁVEL E RAZÃO - O SIGNIFICADO DE RELIGIÃO PARA ALLAN KARDEC - FINAL

 


5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Discutir o aspecto religioso do Espiritismo não é tarefa fácil, aliás trabalhar com o conceito de religião também não o é. De um lado, a indefinição sobre o aspecto religioso do Espiritismo em meio a uma disputa de ideias que perfazem mais de um século e meio, do outro, a dificuldade de tratar o conceito de religião. Como se viu, os limites estabelecidos para dizer o que é ou não religião passam por um vasto leque de concepções, navegando entre duas etimologias possíveis, o relegere e o religare; uma de origem romana, voltada para a adoração de diversos deuses, e a outra reconceituada como cristã. A religião não fica, porém, somente entre essas duas concepções, passando por outros pensamentos que poderiam se dizer intermédios ou, como disse Benson Saler, com “características típicas às quais associamos no nosso modelo geral de religião do que outras”, estabelecendo lugares mais ou menos “religiosos” (SALER, 2000, p. xiv). Praticamente todos esses conceitos podem ser englobados na afirmação de Geertz, de que todas as religiões se revestem de uma aura de fatualidade, dada por rituais que seriam, segundo ele, sua motivação central. (GEERTZ, 1978, p. 67).

quarta-feira, 14 de julho de 2021

FÉ INABALÁVEL E RAZÃO - O SIGNIFICADO DE RELIGIÃO PARA ALLAN KARDEC - PARTE IV

 


4 - UMA NOVA RELIGIÃO EM PARIS

        Apesar de Kardec não ter tido a pretensão de criar uma religião, desde o princípio muitos ao seu redor encaravam o Espiritismo dessa forma, inclusive a Igreja Católica. Em 13 de abril de 1859, o Abade de Chesnel publicou no jornal L’Univers um artigo intitulado “Une religion nouvelle à Paris”, em que o mesmo tratava do Espiritismo como uma religião.

segunda-feira, 12 de julho de 2021

FÉ INABALÁVEL E RAZÃO - O SIGNIFICADO DE RELIGIÃO PARA ALLAN KARDEC - PARTE III


 

3 - A PERSPECTIVA SECULARIZADA DE KARDEC SOBRE A RELIGIÃO

O Iluminismo, segundo a ótica de seus defensores, foi um conjunto de eventos que instauraram a permissão à humanidade de pensar sobre Deus, sobre o universo e tudo ao seu redor. Para os iluministas, o ser humano não mais estaria submetido às estruturas sagradas das instituições religiosas, pois elas não poderiam mais se proclamar guardiãs das verdades do mundo. Pensadores dos mais diversos matizes surgiram, desvendando realidades no campo da ciência e da cultura:

sábado, 10 de julho de 2021

FÉ INABALÁVEL E RAZÃO - O SIGNIFICADO DE RELIGIÃO PARA ALLAN KARDEC - PARTE II

 


2 - RELEGERE OU RELIGARE?

Para compreender o conceito de religião ao qual abraçou Kardec, temos que avaliar algumas questões de cultura7 e conceito. O termo religio, antes de pertencer ao domínio específico do religioso, esteve presente no cotidiano de Roma e foi empregado tanto nos cultos romanos quanto nos cultos da religião cristã. O termo em questão navegou entre duas etimologias possíveis, uma de origem cristã e outra romana, e a pergunta é: como podem dois princípios tão diferentes terem designado coisas tão distintas? Dubuisson explica que a palavra religio “só podia ser o sentido primeiro e muito especializado de uma palavra latina antes ordinária e que permaneceu assim até que os primeiros pensadores cristãos se apoderaram dela e favoreceram seu excepcional destino.” (DUBUISSON, 1998, p. 41).

quinta-feira, 8 de julho de 2021

FÉ INABALÁVEL E RAZÃO - O SIGNIFICADO DE RELIGIÃO PARA ALLAN KARDEC



Com esse artigo, iniciaremos SÉRIE ESPECIAL com origem no artigo científico elaborado por Brasil Fernandes de Barros, Mestre e Doutorando em Ciências da Religião pelo Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MINAS. E-mail: brasil@netinfor.com.br, publicado originalmente na Revista Interações, Belo Horizonte, Brasil, jan./jun. 2019.

Reputamos de importância significativa para os espírita, considerando que o tema ainda divide o movimento espírita.

Para possibilitar melhor comodidade à leitura, as postagens serão em dia sim, dia não.

Boa leitura!

 

terça-feira, 6 de julho de 2021

DO INFINDÁVEL INSULAMENTO CHINÊS AO CRISTIANISMO “AMARELO” DO PORVIR

 


Para determinados teóricos do ocidente, a religião é a chave para decifrar a civilização humana. No oriente, o atual governo chinês ainda tem uma visão totalmente diferente de religião. Depois que o PCC-Partido Comunista Chinês ganhou o poder, empregou um regime extremamente rígido de controle e monitoramento das religiões. Após 1949, todas as atividades cristãs foram proibidas na China e estudos religiosos foram catapultados. A perspectiva histórica sobre a religião ensinada lá é baseada na teoria marxista de que “o Cristianismo é o ópio do povo”.

domingo, 4 de julho de 2021

A CIVILIZAÇÃO SE ENGRANDECE AO VENCER O PRECONCEITO

 


    O espírita jamais haverá de se espantar quando identifica que a Doutrina Espírita caminha a frente da transitoriedade em que ainda nos entrechocamos ao redor de conceitos e preconceitos. Há também de compreender que as lutas pela quebra de tabus que servem de pano de fundo para perseguições e constrangimentos àqueles considerados diferentes é uma necessária etapa à evolução do planeta e precisam ser travadas.

sexta-feira, 2 de julho de 2021

POLÍTICA DE EXTREMA UNÇÃO

 


Quando eu nasci ( e renasci) trouxe comigo um instrumento que a escola ativou, a alfabetização aprimorou e o letramento deslanchou, para navegar águas revoltas sem me afogar na revolta, tive que aprender a usar, esta boia salvadora se chama escrita!