sábado, 18 de setembro de 2021

A MORTE DE ACIOLI E NOSSA POLÍTICA ASSASSINA

José Acioli Filho, professor da Ufal, é encontrado morto em Maceió — Foto: Adufal
Foto: portal G1

Tenho tentado dialogar com a fatalidade que nos ronda os corpos, sejam vegetais ou animais; essa força de renovação que silencia e assusta todos os mortais, para não encerrar na morte as repulsas que as emoções sugerem.

Morrer é como nascer.

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

DECOLONIZAR, QUEIMANDO LIVROS?

 


Este é um artigo que terá mais perguntas e perplexidades do que respostas prontas, embora aponte algumas proposições. Essas reflexões surgem num momento delicado e necessário da história do Brasil e da história ocidental. Estou lendo o brilhante e indispensável livro de Boaventura Santos, O Fim do Império Cognitivo – A Afirmação das Epistemologias do Sul – e ao mesmo tempo estamos assistindo à derrubada de estátuas de reis e colonizadores, à queima de livros (esses dias, no Canadá, quadrinhos de Asterix e Tintim foram queimados, por terem falas ofensivas às culturas indígenas).

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

ANTENA ESPÍRITA 15 ANOS – TAPETE VERMELHO À VALORIZAÇÃO DA MULHER

 


            A complexidade do gênero sexual se expressa na condição fenotípica que caracteriza o corpo. Fora do corpo a valoração do sexo se encontra muito além da questão de natureza genotípica. Dizem os Espíritos que o sexo, como o entendemos, se encontra apenas na escultura física (LE – q. 200) e que ao reencarnar a admissão de assumir o gênero sexual é de menor importância do que a natureza da prova que se tenha decidido enfrentar (LE – q. 202).

sábado, 11 de setembro de 2021

KARDEC: CIÊNCIA, MEDIUNIDADE E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

 

Leonardo Medeiros é Allan Kardec no filme: "A história por trás do homem"

O recém-lançado filme “Kardec: a história por trás do nome” é uma brilhante obra cinematográfica, bastante fiel aos fundamentos do legado do mestre lionês. Um importante interregno da vida do professor Rivail –que passou a adotar o pseudônimo Allan Kardec ao ter conhecimento de uma encarnação anterior como sacerdote druida– é retratado, demonstrando a verve de educador e de intelectual combativo do fundador do espiritismo.